25/04/2018
AMIANTO

Empresas multadas por exploração na BA

A Sama e a Saint Gobain foram condenadas a pagar, cada uma, o valor de R$ 31 milhões em multas por danos morais e coletivos causados pela exploração de amianto na Bahia. A acusação deve-se ao fato de as duas empresas terem extraído o mineral pelo período de 50 anos, até 1968, no município de Bom Jesus da Serra, no centro-sul da Bahia.

Os ministérios públicos Federal e da Bahia acusam as empresas de não adotarem medidas para impedir a contaminação da região após o encerramento da lavra, o que teria prejudicado pessoas e o meio ambiente.

Os recursos provenientes das multas deveriam ser investidos em projetos culturais, sociais e ambientais no município.

Veja também

09/08/2018
CASO SAMARCO | Juiz homologa TAC Governança
26/07/2018
MINAS GERAIS | Semad suspende operação de mineradora
20/06/2018
DANOS AMBIENTAIS | Juíza condena mineradora paulista
12/06/2018
LEGISLAÇÃO MINERAL | Novos decretos mudam as regras do setor
07/06/2018
RECURSOS MINERAIS | Projeto agrava pena para extração ilegal
07/06/2018
LEGISLAÇÃO MINERAL | Encontro debate impactos nos municípios
07/06/2018
OURO | Apoena esclarece sobre área