16/11/2016
TERRAS RARAS

Definido projeto para produção de super-imãs

Intitulado ‘Patria – Processamento e Aplicação de Ímãs de Terras-Raras para Indústria de Alta Tecnologia’, o projeto foi proposto pelo diretor-presidente do IPT, Fernando Landgraf, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) foi definido pelo Comitê de Coordenação dos INCTs entre os 101 projetos recomendados para receber recursos no âmbito da chamada INCT - MCTIC/CNPq/CAPES/FAPs nº 16/2014, lançada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

A chamada tem como objetivo apoiar projetos de pesquisa com potencial de impactos científicos em áreas estratégicas e que gerem soluções para problemas nacionais por meio da consolidação dos INCTs, que ocupam posição estratégica no Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, e da formação de novas redes de cooperação científica interinstitucional. A análise das propostas, coordenada pelo CNPq, envolveu a obtenção de pareceres ad hoc e a análise das propostas com auxílio dos pareceres por um comitê internacional. Composto por 35 pesquisadores renomados nas respectivas áreas de conhecimento, provenientes de 12 países, o comitê é responsável pela análise dos pareceres e propostas de cada fundação de apoio à pesquisa e demais financiadores, além da homologação da lista dos recomendados.

Veja também