15/02/2018
VENEZUELA

Conflitos por ouro na fronteira com o Brasil

De acordo com a imprensa venezuelana, 18 pessoas foram mortas em confronto com forças militares numa zona de extração de ouro no sul do país, onde operam máfias que controlam a atividade garimpeira do metal. O confronto ocorreu em um garimpo na localidade de Guasipati, no estado de Bolívar.

De acordo com um informe militar, durante a operação foram apreendidos cinco fuzis, sete pistolas, três revólveres, uma escopeta e duas granadas.

A região, limítrofe com o Brasil, é parte do Arco Minero del Orinoco, uma extensa zona que o governo explora juntamente com companhias multinacionais para tentar compensar a queda de receita com as vendas de petróleo. A atuação do governo disputa espaço com as máfias que controlam as zonas de garimpo, o que gera conflitos como o que ocorreu no sábado, dia 9 de fevereiro.

Veja também