29/06/2017
VALE

Começa a reestruturação societária

Em Assembleia Geral Extraordinária realizada dia 27 de junho de 2017, a Vale aprovou todas as deliberações relacionadas à proposta de reestruturação da governança corporativa da companhia. Entre as aprovações estão a autorização para a conversão voluntária das ações preferenciais classe A de emissão da Vale em ações ordinárias, na proporção de 0,9342 ação ordinária para cada ação preferencial classe A (“Conversão Voluntária”);  a alteração do Estatuto Social da Vale para adequá-lo às regras do segmento do Novo Mercado da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão; e a incorporação da Valepar S.A., acionista controladora da companhia, pela Vale e demais matérias correlatas. 
 
A Conversão Voluntária foi aprovada com 78% de votos favoráveis, compreendendo 95% dos votos das ações ordinárias e 68% dos votos das ações preferenciais. A eficácia das matérias aprovadas na AGE está condicionada a que, no prazo de 45 dias, se verifique a adesão de pelo menos 54,09% das ações preferenciais classe “A” (excluídas as ações em tesouraria) à Conversão Voluntária (“Adesão Mínima”). Os procedimentos detalhados necessários à Conversão Voluntária, inclusive as medidas a serem adotadas pelos acionistas e pelos detentores de ADSs para solicitar a conversão, serão descritos em Aviso aos Acionistas. 
 
“Foi uma votação expressiva, então temos boas chances para a frente. Mas como é uma adesão voluntária (de troca de ações), temos que esperar. É como jogo de futebol, só termina quando acaba” disse, Fábio Schvartsman, presidente da Vale.