19/11/2015
TERRAS RARAS

Cetem promove III Seminário Brasileiro

O Centro de Tecnologia Mineral (Cetem/MCTI) realiza, nos dias 26 e 27 de novembro, em sua sede, no Rio de Janeiro, encontro entre representantes de entidades governamentais, Congresso Nacional, empresariado de mineração, universidades e institutos de pesquisa o III Seminário Brasileiro de Terras-Raras, com o objetivo de discutir os avanços e a implantação de uma cadeia produtiva do mineral no País.

A programação tem como base os desdobramentos e resultados a partir do II Seminário, realizado em novembro de 2013. As empresas de mineração CBMM, Mineração Serra Verde, Mineração Taboca, Anglo American, CRU International e entidades ligadas a pesquisas como Eletronuclear, UFRGS, UFF, CPRM e USP estarão presentes ao evento. Organizado pelo Cetem, o III Seminário de Terras-Raras, conta com a parceria da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC/MCTI) e Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral (SGM/MME) e abordará temas como Articulações no âmbito da cadeia produtiva; Perspectivas atuais e futuras dos projetos das empresas de mineração; Aspectos geopolíticos e econômicos; Beneficiamento mineral e metalurgia extrativa; Avaliação geológica e caracterização tecnológica e usos, aplicações e reciclagem.

Segundo dados do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), as reservas brasileiras de terras raras são estimadas em 22 milhões de toneladas. Os minerais de terras raras são aplicados em imãs permanentes para motores miniaturizados e turbinas para energia eólica; composição e polimento de vidros e lentes especiais; catalisadores de automóveis; refino de petróleo, luminóforos para tubos catódicos de televisores em cores e telas planas de televisores e monitores de computadores; ressonância magnética nuclear, cristais geradores de laser; supercondutores e absorvedores de hidrogênio e armas de precisão.