24/02/2016
EXPLORAÇÃO

CBPM afirma que ano é para maturar projetos

A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) anunciou que pretende concluir este ano os projetos de Ni-Cu do Corpo Ultramáfico de Caboclo dos Mangueiros (Pilão Arcado); Ouro e Metais – Base do Rio Pardo; Ferro de Paratinga e Sulfetos do Rio Salitre (Juazeiro) para, através de Concorrência Pública, serem disponibilizados para investidores interessados na sua exploração.

Segundo Hari Alexandre Brust, Diretor-Presidente da CBPM, o momento é propício para a maturação dos novos projetos, que no futuro irão assegurar o abastecimento do mercado de minérios metálicos.

Este é o caso dos projetos nas regiões de Mundo Novo e Bacia de Irecê, ambientes geológicos propícios para a mineralização de zinco, cobre e fosfato. No caso do fosfato, por exemplo, o Brasil produz apenas 3% da produção mundial e a Bahia, com ambientes propícios a essa substância tão importante para a agricultura, só participa com 4%.