02/08/2017
FERTILIZANTES

Cade aprova venda da Vale Fertilizantes

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição da Vale Fertilizantes pela empresa norte-americana Mosaic. A unidade da Vale Fertilizantes adquirida tem capacidade para produzir 4,8 milhões de toneladas de fertilizantes fosfatados e 500 mi toneladas de potássio. O negócio inclui ainda cinco minas de fosfato, quatro fábricas para produção de químicos e fertilizantes e uma planta de potássio. 
 
A Vale anunciou o negócio com a Mosaic em dezembro do último ano. A operação envolve cerca de R$ 2,5 bilhões. Segundo o Cade, a aquisição dá à Mosaic oportunidade de crescer no mercado agrícola brasileiro, enquanto a Vale garantirá entrada de capital e participação minoritária no negócio mundial de fertilizantes. A Mosaic garante também 40% da Vale fertilizantes na mina de fosfato peruana de Miski Mayo, além do projeto canadense Kronau, também de potássio. A norte-americana não quis exercer opção de compra sobre o projeto de potássio Rio Colorado na Argentina. Também ficou de fora a unidade de nitrogênio e não-fosfatados de Cubatão. 
 
A Vale ficará com 11% das ações da Mosaic após conclusão da operação, com direito a indicar duas pessoas para o Conselho Administrativo da Mosaic, sendo uma delas como membro independente.