27/03/2018
COBRE

Avanco é vendida para a OZ Minerals

O board da Avanco Resources recomendou aos acionistas a aceitação da proposta feita pela OZ Minerals para aquisição da companhia pelo preço de 440 milhões de dólares australianos. A OZ pagará 0,85 dólares australianos (em cash) e mais 0,009 ação de sua emissão para cada ação da Avanco. A oferta representa um valor de 0,168 dólar australiano por ação da Avanco, com um ágio de 118% sobre a última cotação na bolsa australiana (ASX). Acionistas representando 30,62% do controle da Avanco apoiaram a operação e a OZ já tinha uma pré-aceitação de 18,45% .

A transação está condicionada a uma aceitação de pelo menos 50,1% das ações. Por unanimidade, o board da Avanco aceitou a proposta. Da mesma forma os diretores e gerentes, que possuem 0,57% das ações. Os cotistas do fundo sob gestão da Black Rock Investment Management Limited, representando 11.6% das ações da Avanco, também manifestaram sua intenção de aceitar a proposta da OZ Minerals. Já a Appian, que detém 18,45% de participação na Avanco, concordou em aceitar a oferta. “A oferta da OZ Minerals representa um prêmio significativo nos níveis de transação atuais e se constitui em uma atrativa oportunidade para os acionistas da Avanco, tanto no sentido de cristalizar os valores atuais da companhia quanto no de manter sua exposição no mercado de metais base através da holding OZ Minerals, um dos produtores australianos líderes em metais base.

A combinação do robusto portfólio de ativos australianos da OZ Minerals com uma equipe experiente e um portfólio de ativos da Avanco no Brasil, ainda largamente inexplorado, aponta para um futuro promissor para a empresa e seus acionistas”, disse Tony Polglase, diretor gerente da Avanco. "A transação da Avanco traz a maior empresa de cobre da Austrália para o Brasil, a OZ Minerals, com ativos de 3 bilhões de dólares australianos e mais de 700 milhões de dólares australianos em caixa para desenvolver os projetos adquiridos e fazer pesquisas. Creio que depois da Codelco, esta certamente é a entrada mais significativa no mercado de cobre no Brasil em 20 anos”, afirma o diretor da Avanco, Luís Maurício Azevedo.

Com operações no município de Curionópolis (PA), onde produz cobre e ouro, a Avanco conta com recursos da ordem de 1 milhão de toneladas de cobre contido e com alto teor de ouro na província mineral de Carajás.

Atualmente a empresa opera a mina de Antas e possui ainda os ativos Pedra Branca (em estudo de viabilidade) e tem opção para adquirir 100% do controle do depósito de Pantera, em exploração. A Avanco possui também o projeto de ouro Centro Gold, no Maranhão, em exploração e com possibilidade de vir a produzir a uma escala de 100 mil onças anuais, por um período de 10 anos. A OZ Minerals é uma companhia mineradora com base na Austrália listada na ASX e detém uma mina de cobre-ouro-prata em Proeminent Hill, além de estar desenvolvendo um projeto em Carrapateena, onde existem os maiores recursos de cobre-ouro da Austrália.

Veja também