29/01/2018
MINAS-RIO

Anglo American obtém licença para Fase 3

A Anglo American Brasil recebeu da Câmara Técnica Especializada de Atividade Minerárias (CMI), a Licença Prévia (LP) e Licença de Instalação (LI) para a fase 3 do Sistema Minas-Rio, que possibilita aumentar a capacidade de produção para 26,5 milhões de toneladas de pellet-feed (minério de ferro para pelotização). Para a implantação das obras, que começa imediatamente, a empresa prevê investimentos da ordem de R$ 1 bilhão e a previsão é que, no pico das obras, sejam gerados cerca de 800 empregos. Quando a nova etapa estiver em operação, o quadro de pessoal da Anglo American deve ser ampliado em mais 100 pessoas. As principais obras da Fase 3 são a abertura da nova cava e o alteamento da barragem de rejeitos. Também será feita instalação de diques de contenção de sedimentos, a expansão da pilha de estéril e as instalações do platô de apoio operacionais, além de uma nova flotação.

De acordo com Ruben Fernandes, presidente da Anglo American no Brasil, “as novas estruturas necessárias à Etapa 3 ficarão situadas em áreas internas ou vizinhas às estruturas já licenciadas. A maior parte delas estará em áreas já adquiridas pela Anglo American”.

A expectativa da Anglo American é que a Licença de Operação (LO) da nova fase do empreendimento seja votada no segundo semestre de 2018.  

Venda de ativo

A Anglo American anunciou a venda de sua participação de 73% que mantinha no projeto de carvão térmico New Largo, na África do Sul, para a New Largo Coal Proprietary Limited, a qual é controlada pela Seriti Resources Proprietary Limited.

Veja também

15/03/2018
MINÉRIO DE FERRO | Anglo American pede desculpas por vazamento
23/02/2018
ANGLO AMERICAN | Lucro em 2017 sobe para US$ 3,2 bilhões
25/10/2017
ANGLO AMERICAN | Produção cai 6% no Minas-Rio
26/07/2017
ANGLO AMERICAN | Produção de ferro aumenta 24%
13/07/2017
ANGLO AMERICAN | Abertas vagas para deficientes
20/04/2017
ANGLO AMERICAN | Engajamento da comunidade de Barro Alto