23/06/2016
NICKEL

Administradores decidem liquidar Mirabela

Os administradores da Mirabela Nickel anunciaram a decisão de promover a liquidação da companhia e tentar efetuar a vendas dos ativos, incluindo a Mirabela Brasil, cujas instalações de produção estavam em processo de cuidados e manutenção.

No Brasil, a empresa tem uma dívida da ordem de US$ 3 milhões com a Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), que detém os direitos minerários sobre a jazida e que comunicou à empresa australiana a intenção de cancelar o contrato de arrendamento da jazida. Com isto, a Mirabela ficaria impedida de operar. De acordo com os gestores da companhia no Brasil, os recursos em caixa permitiram manter a situação de cuidados e manutenção até setembro.

O Banco Bradesco é um dos principais credores da empresa no Brasil, com um crédito de aproximadamente US$ 47 milhões.

A Mirabela Nickel também deixou de pagar a taxa de listagem na ASX (Australian Stock Exchange), o que pode levar à retirada de suas ações da listagem.