23/05/2019
ALUMÍNIO

Abal promove rodada com startups

A Associação Brasileira do Alumínio (Abal) realiza, dia 23 de maio, a primeira rodada de negócios entre empresas associadas, parceiras da associação e as startups selecionadas no Movimento 100 Open Startups. A Abal lançou o "Desafio Rastreabilidade de Produtos de Alumínio", com dois objetivos: fomentar o desenvolvimento de soluções inovadoras de controle e monitoramento para produtos específicos de alumínio (matérias-primas e semimanufaturados); e buscar essa resposta na chamada nova economia, ou seja, junto à startups. 
 
Entre fevereiro e abril as startups com alto potencial de inovação realizaram inscrição para o Desafio e seis delas foram selecionadas para a rodada de negócios. "Mais do que encontrar uma solução pronta, entendemos que essa é uma oportunidade das nossas associadas participarem de um novo ambiente de inovação e estabelecerem conexões interessantes para o futuro de seus negócios", explica a diretora da área técnica da ABAL, Kaísa Couto.
 
Bruno Rondani, CEO da 100 Open Startups, empresa responsável pela aproximação das startups e das grandes empresas, revela que a iniciativa da Abal em buscar esse ecossistema de inovação é pioneira. "A Abal está abrindo um caminho importante ao conectar um setor tradicional da indústria à nova economia. É um movimento que tem um grande potencial transformador pela qualidade e relevância dos envolvidos", diz ele. A rodada de negócios do Desafio Rastreabilidade acontece no Centro Cultural do Alumínio (CCAL). O endereço é Rua Humberto I, 220, 4º andar, Vila Mariana, São Paulo (SP).
 
As seis startups selecionadas são Byond, desenvolvedora de plataforma e tecnologias IoT a fim de promover visibilidade total de itens em trânsito (work-in-process) e de estoques, além de monitorar ativos; Cargosnap, realiza inspeção digital em processos de carregamento de cargas por meio do monitoramento por imagens e inteligência artificial; Dlieve, desenvolvedora de sistema de gestão logística e monitoramento em tempo real de operações e serviços em campo, via aplicativo de celular; Pix Force, trabalha com tecnologias de coleta e análise de imagens, usando algoritmos personalizados e inteligência artificial, a fim de fornecer informações de monitoramento e rastreabilidade; Quadminds, especializada em processos de logística, conectando ativos por meio de sensores a uma plataforma de gerenciamento de informações em tempo real e Up!, que oferece ferramenta para monitorar um produto até o consumidor final, por meio da instalação de um micro rastreador, que, inclusive, detecta tentativas de ação de jammers. 

Veja também

23/05/2019
NEXA | Nova edição do Mining Lab
23/05/2019
MINING HUB | Abertas inscrições para novo ciclo
25/04/2019
ALUMÍNIO | Consumo cresce, mas produção recua
20/02/2019
ALUMÍNIO | Abal e Embrapii fazem aliança
06/02/2019
ALUMÍNIO | Abal busca startups e techs
05/09/2018
ALUMÍNIO | Para Abal, Brasil deve produzir mais
22/08/2018
ALUMÍNIO | Congresso Internacional em SP